OPINIÃO

Anderson Siqueira — Sem ideias, prefeitura de Bocalom precisa recorrer à hipocrisia


Voiced by Amazon Polly
Compartilhe

Não é difícil ver durante campanha um candidato criticar as coisas ruins de uma gestão e acabar fazendo igual ou pior quando toma posse. Difícil mesmo é ver criticar bons projetos e sorrateiramente perceber que a ideia não era tão ruim quanto ele mesmo um dia já afirmou.

Bocalom é um desses. Projetos bons devem ser executados, o problema é que ele só percebe após o ‘calo apertar os pés’. Foi assim após intensa crise no transporte coletivo, quando decidiu autorizar o aporte financeiro de R$ 2,4 milhões às empresas de ônibus, coisa semelhante ao que sua concorrente nas eleições, Socorro Neri, propôs fazer  enquanto prefeita e entre os que criticaram, estava justamente o atual prefeito:

“As empresas de ônibus têm uma concessão pública, portanto, a responsabilidade do pagamento dos salários dos funcionários não é, nunca foi e nem será da prefeitura, é das empresas de ônibus. Nós não vamos colocar o dinheiro do suor do nosso povo à disposição de empresários”, disse Bocalom na época – meses antes de brigar na Câmara para que seu projeto que era totalmente o oposto de tudo o que está nas aspas, fosse aprovado.

Bocalom vem quebrando a cara ao perceber que a prefeitura, seu Mundo Azul, não é o mar de maravilhas que imaginou em todas as vezes que se candidatou, conseguiu colocar em crise a capital com a melhor saúde financeira entre todas as do país quando assumiu.

Agora a bola da vez são elas… As luzes de Led! Usado em peso por sua militância para debochar do projeto de iluminação pública da gestão passada. Agora, após cancelarem contrato com a empresa que vinha executando o projeto, após apresentarem denúncias e direcionarem o uso do recurso, o secretário de Cuidados com a Cidade, Joabe Lira, declarou em entrevista ao jornal Notícias da Hora: “Rio Branco será uma das capitais do Brasil com o maior número de LED”.

De todo modo, como disse anteriormente, projetos bons devem ser usados e esse – quem já tem luz de led em sua rua sabe – é tão bom quanto a prefeitura de Rio Branco tem sido em cinismo, descaso e hipocrisia.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira
Close Bitnami banner