AERONÁUTICA

Força Aérea aponta falha em motor de helicóptero que caiu em Cruzeiro do Sul


A Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) divulgou dados preliminares sobre o acidente de helicóptero ocorrido em Cruzeiro do Sul no último dia 8 de maio, apontando uma possível falha no motor.

Um helicóptero estava à serviço da Funai (Fundação Nacional do Índio) e caiu enquanto o motorista tentava fazer um pouso forçado em uma localidade a cerca de 3 km do Rio Croa. Não houve mortes, na aeronave havia sete tripulantes: sendo eles dois bebês indígenas gêmeos de 1 ano, seus pais, o piloto, um mecânico e um técnico em enfermagem. As crianças estavam a caminho de receber atendimento médico.

Em entrevista posterior, o piloto Rodrigo Castro chegou a declarar que o helicóptero simplesmente “parou e caiu”.

As informações iniciais contidas na ocorrência tratam que o pouso forçado foi causado por uma falha no motor. No histórico da ocorrência consta que o helicóptero estava aproximadamente 20 milhas náuticas do Aeródromo de Cruzeiro do Sul, quando houve perda de potência do motor. O piloto realizou pouso de emergência em área de mata fechada.

“Os dados aqui disponibilizados são preliminares e visam à transparência das informações que temos até o momento. Por isso, não contêm as análises das informações coletadas, nem os fatores contribuintes, e estão sujeitas a modificações conforme o andamento dos trabalhos de investigação”, pontua.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira