TRÁFICO DE DROGAS

Major da PM preso com quase 70 kg de drogas na BR-364 tem sigilo telefônico quebrado


A Justiça do Acre determinou a quebra do sigilo telefônico do major da reserva da Polícia Militar do Acre Moisés Araújo, preso no último dia 8 com quase 70 kg de drogas na BR-364, em Sena Madureira, interior do Acre, durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF-AC). Ele também teve a prisão em flagrante convertida em preventiva durante audiência de custódia.

O militar foi abordado pela equipe policial no km 246 da BR-364 no período da tarde. O motorista desobedeceu a ordem de parada e tentou fugiu. A PRF-AC fez o acompanhamento e conseguiu parar o carro depois de 4 quilômetros.

O condutor conseguiu fugir e o major, que estava no banco de passageiro, foi preso. Ele foi levado para a sede da Polícia Federal de Rio Branco.

Foi apreendido ainda o telefone do militar na ocorrência. Nesta terça-feira (14), o Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) divulgou que o Juízo da Vara Criminal da Comarca de Sena Madureira autorizou a quebra do sigilo de dados do celular apreendido.

“Embora o autuado afirme que estava no veículo ‘de carona’ e não sabia que havia substâncias entorpecentes (…), referidas alegações somente serão comprovadas no decorrer da instrução por ser matéria de mérito”, diz parte da decisão do juiz de direito Fábio Farias.

Major da PM suspeito de bater na ex e investigado por abusar de adolescente é flagrado com quase 70 quilos de droga no AC — Foto: Divulgação/PRF-AC

Major da PM suspeito de bater na ex e investigado por abusar de adolescente é flagrado com quase 70 quilos de droga no AC — Foto: Divulgação/PRF-AC

A defesa do PM alega que ele pegou uma carona e não tinha conhecimento de que o veículo era usado para transportar drogas. O advogado Wellington Silva afirmou que o policial saía de Cruzeiro do Sul, também no interior, iria para Rio Branco e o motorista do carro ofereceu uma carona. O motorista segue foragido.

“Acreditamos que o indivíduo utilizou do subterfúgio de que o major era policial para tentar atravessar a estrada com entorpecente sem que fosse incomodado pela polícia, omitindo a informação quanto a droga para o major, por isso ele foi tão solícito”, justificou.

FONTE: G1

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.