SAÚDE

Em meio à crise, secretária-adjunta da Sesacre pede afastamento do cargo


A secretária adjunta de Assistência à Saúde do Acre, Adriana Lobão, está afastada do cargo. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre), a gestora está de licença médica por 15 dias e pediu para ser substituída nas atividades da pasta durante este período.

A secretária adjunta se afasta do cargo em meio ao drama vivido por diversas mães que perderam os filhos para síndrome respiratória. Os pais afirmam que houve negligência nos atendimentos e pretendem acionar a Justiça.

Também nesta terça, a sindicância da Sesacre começou a ouvir esses pais. Funcionários, gestores, coordenadores das unidades de saúde onde os bebês foram atendidos também devem participar das oitivas.

No último dia 11, começou a circular um áudio da diretora do PS, Dora Vitorino, relatando à Sesacre os problemas para atender a demanda. No áudio, dá para perceber que ela se dirige à secretária adjunta de Assistência à Saúde, Adriana Lobão, e cobra agilidade na abertura de leitos.

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.