TÁ RICCO?

Por 11 votos a 4, Câmara aprova repasse de R$ 7,9 milhões para empresa de ônibus; veja como votou cada vereador


A Câmara de Vereadores de Rio Branco aprovou na noite desta quinta-feira (30/6), um Projeto de Lei Complementar (PLC) enviado pelo prefeito Tião Bocalom (Progressistas) que propõe um aporte financeiro no valor de R$ 7.940.156,50 para a empresa Ricco, única a operar no transporte público na capital acreana.

A Lei foi apresentada após a empresa pedir rescisão do contrato alegando prejuízos na operação. O aporte financeiro foi medida muito criticada por Bocalom durante a campanha, onde chegou afirmar que não “daria dinheiro público para empresas”. No entanto, a crise no transporte se intensificou e com o novo recurso, o aporte chega a mais de R$ 10 milhões na gestão, com o que foi feito no final do ano passado para as outras empresas.

Veja como votou cada vereador:

Votaram CONTRA o projeto:

  • Emerson Jarude (MDB)
  • Fábio Araújo (PDT)
  • Hildegard Pascoal (UB)
  • Michelle Melo (PDT)

Votaram A FAVOR do projeto:

  • Antônio Morais (PP)
  • Arnaldo Barros (Podemos)
  • Célio Gadelha (MDB)
  • Francisco Piaba (UB)
  • Ismael Machado (PSDB) 
  • Joaquim Florêncio (PDT) 
  • Lene Petecão (PSD) 
  • Raimundo Castro (PSDB) 
  • Raimundo Neném (PSB) 
  • Rutênio Sá (PP)
  • Samir Bestene (PP)

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira