LUTO

Corpo de médico morto a pauladas no Amapá é enterrado em Brasileia


O corpo do médico acreano Jailson de Amorim Mariano, de 31 anos, que morreu no último sábado (30) após ser agredido a pauladas em Macapá (AP), foi enterrado em Brasileia nesta segunda-feira (1º).

Jailson estava em um balneário quando um homem tentou agredir seu cunhado e uma confusão se iniciou. O médico foi agredido a pauladas e outros familiares também se feriram. Ele chegou a ficar uma semana internado na UTI do Hospital Dr. Alberto Lima, mas não resistiu. Ele morava na capital amapaense desde o ano passado.

Em nota, o Conselho Regional de Medicina do Estado do Amapá (CRM-AP) lamentou a morte do médico e destacou que, em pouco tempo de atuação, ele era muito querido entre os pacientes e colegas.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira