FORÇA INTEGRADA

Acusado de estupro no Brasil, acreano é preso pela polícia boliviana em Cobija


Um acreano de 36 anos foi preso nesta terça-feira (2), em Cobija, capital do departamento de Pando, na Bolívia, acusado de estupro.

O crime teria sido praticado no lado brasileiro da fronteira. O rapaz foi abordado pela polícia boliviana por ter descumprindo leis locais e ao ser feito uma consulta no aplicativo Apolo, da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sejusp), foi constatado que ele estava foragido do Brasil.

Após ser identificado, o homem foi entregue às autoridades brasileiras.

Post navigation

Redação

O Correio 68 é um site de notícias fundado em 2020 que tem o compromisso de trazer tudo o que o acreano precisa saber para se manter bem informado.