RIO BRANCO

Com apenas um voto contra, Câmara aprova Projeto de Bocalom que cria 137 novos cargos comissionados


Com apenas um voto contra, o Projeto de Lei Complementar nº 54 enviado pelo prefeito Tião Bocalom (Progressistas) para a criação de 137 cargos comissionados, foi aprovado nesta quinta-feira (4) na Câmara de Rio Branco.

A proposta prevê o aumento em R$ 3 milhões dos gastos públicos com as contratações.

Único a votar contra, o vereador Emerson Jarude (MDB) comentou:

O único a votar contra o PL foi o vereador Emerson Jarude (MDB), que declarou através das redes sociais:

“Infelizmente o projeto foi aprovado e a gestão do prefeito Bocalom entra pra história como a que mais criou cargos comissionados, mas não com meu voto!”

A proposta complementa o PL da reforma administrativa que autorizou a contratação de 150 cargos comissionados em janeiro. Na época, a proposta aumentou em cerca de R$ 15,6 milhões os gastos públicos na capital.

A atitude é contrária a que foi tomada pela ex-prefeita Socorro Neri, que para reduzir os gastos da Prefeitura em R$ 12,8 milhões, fez uma reforma que extinguiu 12 órgãos. O que levou Rio Branco em 2020 a ocupar o primeiro lugar no ranking de capitais com a melhor saúde financeira.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira