CRISE POLÍTICA

Irmão de Marcio Bittar é exonerado do Governo


O rompimento entre o governador Gladson Cameli (Progressistas) e Marcio Bittar (União Brasil) começa a ser refletido nos decretos publicados no Diário Oficial do Estado (DOE). Nesta sexta-feira (5), foi exonerado da diretoria da Fundação Elias Mansour (FEM), o irmão do senador, Edson Martins Siqueira.

O ex-diretor da FEM estava no Governo desde o início da gestão e já ocupou cargo no Departamento Estadual de Água e Saneamento do Acre (Depasa), quando se envolveu em escândalos juntamente com o presidente do órgão na época, Tião Fonseca.

Em agosto de 2020, Edson Siqueira chegou a ter sua casa como alvo de buscas da Delegacia de Combate à Corrupção (Decor) durante operação que culminou na prisão de Fonseca. A suspeita era de desvios de recursos públicos identificados e ocorridos na gestão de Fonseca.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, professor de idiomas e assina o Blog do Siqueira