ELEIÇÕES 2024

Após 2ª derrota seguida ao Senado, Ney Amorim planeja concorrer à prefeitura de Rio Branco


O quadro de candidatos possíveis para concorrer à prefeitura de Rio Branco em 2024 mostra que aquela promete ser uma disputa bastante acirrada. Já especulada com as candidaturas de Mara Rocha (MDB) e Jenilson Leite (PSB), o ex-deputado Ney Amorim (Podemos) declarou que deve entrar no “jogo”.

A informação foi dada pelo jornalista Luiz Carlos Moreira Jorge, que assina o Blog do Crica. Segundo ele, Amorim já estaria preprando um projeto político que o coloque em evidência pelos próximos dois anos, com objetivo de entrar na disputa. Uma das possibilidades, seria uma possível filiação ao Progressistas. Caso isso ocorra, ele entraria em conflito com Tião Bocalom, que foi eleito pela sigla e pretende concorrer à reeleição.

Aos 45 anos, Ney Amorim, policial civil de ofício, já tem uma grande caminhada política no estado. Em 2006 concorreu pela primeira vez a deputado estadual pelo PT, não sendo eleito naquele ano, porém, acabou assumindo como suplente em 2007. Em 2010 foi eleito para o mesmo cargo, como o terceiro mais votado. Em 2014, foi reeleito e chegou a presidir a Aleac (Assembleia Legislativa). Tentando passos maiores, Amorim tentou ser candidato ao Senado em 2018, ainda pelo PT, em dobradinha com Jorge Viana, mas os dois acabaram derrotados. Do outro lado, pelo Podemos, foi candidato novamente ao Senado em 2022, dessa vez pelo grupo de Gladson Cameli.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, amante de meditação e da boa cozinha. Contato: andersonsiqueira.br@gmail.com