POLÍTICA

N. Lima diz que Jorge Viana tem ‘cara de pau’ ao pedir apoio do MDB a Lula


O presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, vereador N. Lima (Progressistas), usou sua fala na sessão desta quarta-feira (26) para criticar uma reunião realizada entre o ex-governador Jorge Viana (PT) e membros da cúpula do MDB para tratar de apoio ao ex-presidente Lula (PT), no segundo turno das eleições.

N. Lima lembrou que no Acre, MDB e PT nunca foram aliados, embora a nível nacional tivessem composto a mesma chapa nas eleições de 2014.

”Estamos nos aproximando do segundo turno do pleito presidencial, que acontece neste domingo, dia 30. E, não poderia deixar de falar, do encontro de ontem, da reportagem que foi compartilhada comigo. O ex-governador Jorge Viana entrando na sede do MDB, pedindo apoio para a candidatura do Lula. Aquilo me chamou atenção, pois ele saiu do prédio acompanhado do Flaviano”, indagou o parlamentar.

Além de Flaviano, participaram da reunião o ex-deputado João Correia e o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, nomes considerados importantes da sigla. N. Lima ressaltou ainda o que ele considera uma “cara de pau” de Jorge Viana de ir pedir apoio ao MDB:

“Seria o absurdo do absurdo, o MDB do Acre, apoiar o PT, já que nunca na história do Estado, o partido apoiou os petistas, nem em Rio Branco, e nem nos demais municípios. Fiquei me perguntando o tamanho da ‘cara de pau’ dos dirigentes da agremiação de esquerda irem lá na sede do MDB fazer esse tipo de proposta. Se o MDB aceita isso, será a queda do partido no Estado”, concluiu.

O iminente apoio do MDB, no entanto, não conta com a aprovação de todos. A deputada federal Mara Rocha, que concorreu ao Governo pela sigla, se pronunciou contra nas redes sociais e afirmou que seguirá apoiando Jair Bolsonaro (PL).

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, amante de meditação e da boa cozinha. Contato: andersonsiqueira.br@gmail.com