DESOBSTRUÍDO

Acre amanhece sem bloqueios nas rodovias nesta quinta-feira


Após três dias de manifestações contra o resultado das urnas do último domingo (30) as rodovias federais do Acre amanheceram sem registros de bloqueios e interdições nesta quinta-feira (3), segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

O último bloqueio a resistir ocorreu no KM 31 da BR-364, em Acrelândia, desobstruído na noite desta quarta-feira (2). Desde o início dos bloqueios e interdições, houve desobstruções nas BR-364 e BR-317, em Brasileia, Manoel Urbano, Acrelândia, Brasileia e Senador Guiomard.

A desobstrução havia sido ordenada tanto pelos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), como pela Justiça Federal, a pedido do MPF (Ministério Público Federal) e determinada também pelo governador Gladson Cameli (Progressistas) através da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública). Na noite desta quarta-feira (2), o presidente Jair Bolsonaro (PL) também gravou um vídeo solicitando que os manifestantes liberem a estrada.

Alguns manifestantes justificam a ação por acreditar ter havido ‘fraude’ no processo eleitoral que elegeu Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 50,9% dos votos válidos. Outros, no entanto, afirmam que não podem “aceitar que um ex-presidiário possa governar o país”.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as eleições ocorreram de forma legítima e sem nenhum indício de fraude.

Eleito presidente pela terceira vez com a maior quantidade de votos da história, Lula foi preso no dia 7 de abril de 2018, após se entregar à Polícia Federal (PF) no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC em São Bernardo do Campo (SP). O ex-presidente foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso de um triplex no Guarujá (SP).

Ele foi solto no dia 8 de novembro de 2019 e recuperou seus direitos políticos após uma série de vitórias na Justiça, como a anulação de condenações da Lava Jato e a suspeição do ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) — eleito senador pelo Paraná — no caso do triplex. Com as anulações, Lula ficou sem nenhuma condenação criminal em qualquer instância da Justiça, o que o torna juridicamente inocente, devendo ter sua posse legitimada. A vitória de Lula nas urnas já foi reconhecida pelos presidentes da Câmara e Senado, além de próprios aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Também na noite desta quarta, o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) solicitou que as pessoas parem de pedir um golpe de Estado através das Forças Armadas. Segundo Mourão, uma intervenção militar colocaria o país em uma situação difícil perante a comunidade internacional.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, amante de meditação e da boa cozinha. Contato: andersonsiqueira.br@gmail.com