NO EGITO

Na COP 27, Gladson afirma que Acre seguirá “sem radicalismos” na área ambiental


O governador Gladson Cameli (PP), que participa da Conferência da Organização das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP27) no Egito, afirmou que vai seguir “com a mesma postura: sem radicalismos” e “com respeito à legislação ambiental e apoio para o desenvolvimento e geração de empregos”. Esta é a projeção de Cameli para o próximo governo.

Gladson não descartou o apoio do governo federal para reduzir os indíces de desmatamento. Ao jornal Folha de São Paulo, o governador acreano disse: “nosso estado ainda precisa contar com um forte apoio do governo federal”, afirmou sinalizando para a necessidade da abertura de diálogo com o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva.

Quanto ao futuro da Amazônia, Cameli ponderou: “sou a favor de uma visão realista, produtiva e moderna para a Amazônia”, pontuando que é possível aumentar a produtividade lançando mão de tecnologias, sem precisar desmatar mais áreas.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, amante de meditação e da boa cozinha. Contato: andersonsiqueira.br@gmail.com