INCOMUM

Bíblias são usadas para fazer anotações do crime organizado em presídio no Acre


Uma revista em um dos pavilhões do presídio Evaristo de Morais, em Sena Madureira, na última segunda-feira (14), apreendeu 35 bíblias que eram usadas como cadernos de anotações do crime organizado.

Segundo informações do diretor da unidade, Francisco de Assis da Silva Aguiar, esse tipo de coisa não é comum:

— “Essa apreensão ocorreu em uma revista no pavilhão onde ficam os presos de uma facção Os agentes cumpriram seis mandados de prisão e um de apreensão. Sempre aconteceu de encontrarmos bíblias com anotações aparentando ser do controle de venda de drogas e com números de telefones. Já encontramos bíblias com informações do estatuto da organização criminosa”, disse.

Na revista também foram apreendidos drogas, telefones celulares e uma arma artesanal. A apreensão das bíblias, no entanto, não ocorreu no pavilhão da benção, local onde ficam detentos que não integram facções criminosas e participam de cultos.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, amante de meditação e da boa cozinha. Contato: andersonsiqueira.br@gmail.com