SAÚDE

Programa de Obesidade da Fundhacre realizou 70 procedimentos cirúrgicos somente em 2022


Muitos são os benefícios da cirurgia bariátrica, dentre eles é possível destacar a redução do risco de doenças associadas à obesidade, a otimização da saúde emocional e psicológica no combate à depressão e à ansiedade, e a melhoria na qualidade de vida, proporcionando hábitos mais saudáveis e um bom sono.

Com a finalidade de promover esse melhoramento na vida daqueles que necessitam passar pelo procedimento de uma cirurgia bariátrica, o Programa de Obesidade da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) acompanha um total de 530 pacientes pré-operatórios e 109 pós-operatórios.

O programa realiza mensalmente reuniões em grupos com os pacientes cadastrados. Foto: Gleison Luz

O programa realiza mensalmente reuniões em grupos com os pacientes cadastrados e conta com o apoio de psicólogos, assistente social e médico cirurgião. Soma-se, até então, a participação de 164 pacientes nessas atividades.

“Os encontros estão inseridos dentro do protocolo de cirurgia bariátrica da Fundhacre e são tão importantes quanto os atendimentos individuais. Nas reuniões abordamos temas diversos, diferentes dos atendimentos individuais. É preciso despertar nos pacientes o interesse na participação e na divisão de experiências”, destaca o coordenador do programa, Alysson Morais.

As cirurgias bariátricas foram retomadas em fevereiro de 2022. Até o momento foram realizados 70 procedimentos, em pacientes do interior e da capital. No gráfico a seguir apresenta-se os dados do programa, referente às cirurgias nos últimos três anos.

Imagem ilustrativa.

As consultas fazem parte do processo pré e pós-operatório, onde o paciente é avaliado pelo especialista de cada área referente à cirurgia bariátrica. Trata-se de todo um acompanhamento ao paciente. De janeiro a novembro o Programa de Obesidade teve um total de 2.847 consultas marcadas.

Imagem ilustrativa.

O programa vem ofertando atendimento a toda população acreana desde 2004, como estratégia terapêutica de apoio para o serviço de cirurgia bariátrica. O paciente somente realiza a cirurgia após acompanhamento e liberação de todos os profissionais. O serviço conta com diversos profissionais: assistente social, fonoaudiólogo, cirurgião-geral, endocrinologista, cardiologista, psiquiatra, pneumologista, nutricionista e psicólogo.

Passo a passo para entrar no programa

Paciente precisa de um encaminhamento que seja disponibilizado por um médico do Sistema Único de Saúde (SUS) para avaliação de cirurgia bariátrica.

No encaminhamento deve constar peso, altura, índice de massa corporal e comorbidade.

Posteriormente, o paciente se dirige ao Programa de Obesidade, localizado na Fundhacre, onde será analisado se atende os critérios para cirurgia.

Após todo o processo, é marcada a primeira consulta e o paciente inicia o acompanhamento com todos os especialistas/profissionais do programa.

Post navigation

Agência de Notícias