ÚLTIMA TRIBUNA

Deputados não reeleitos se despedem da Aleac


A sessão desta quarta-feira (14) na Aleac (Assembleia Legislativa do Acre) aconteceu em clima de despedida. Dos 24 deputados da Casa, 12 não renovaram seus mandatos e usaram a tribuna pela última vez em seus mandatos.

Dos 11, três se despediram para assumir o cargo de deputado federal, são eles Roberto Duarte (Republicanos), Meire Serafim (União Brasil) e Gehlen Diniz (Progressistas).

“Foi uma honra estar nesta Assembleia como deputado estadual. Me dediquei e construi um bom mandato e quero continuar ajudando de onde estarei”, declarou Roberto Duarte.

O deputado Jenilson Leite (PSB) ficou na 3ª colocação na disputa pelo Senado e com isso também não renovou seu mandato. Outros seis, concorreram à reeleição e saíram derrotados nas urnas, são eles: José Bestene (Progressistas), Marcus Cavalcante (PDT), Neném Almeida (Podemos), Cadmiel Bonfim (PSDB), Daniel Zen (PT) e Wagner Felipe (Republicanos).

O único que se despede sem ter se candidatado a nenhum cargo nas eleições foi Jonas Lima (PT), que se despede da Aleac após três mandatos seguidos:

“Sou grato a todos. Após 12 anos eu deixo esse parlamento para cuidar de algo para a qual descobri ter vocação e quem sabe um dia eu volte. Sou grato a todos, inclusive, pelas críticas que recebi e me fizeram crescer”, declarou.

Os 12 parlamentares que conseguiram se reeleger são: Luís Tchê, Pedro Longo e Chico Viga, todos do PDT; Nicolau Júnior, Maria Antônia e Manoel Moraes, do Progressistas; Fagner Calegário e André da Droga Vale, do Podemos; Whendy Lima, do União Brasil; Luiz Gonzaga, do PSDB; e Edvaldo Magalhães, do PCdoB.

Post navigation

Anderson Siqueira

Editor-chefe, escritor, amante de meditação e da boa cozinha. Contato: andersonsiqueira.br@gmail.com